Arquivo da tag: amsterdam

Mercado de receitas em Amsterdam

Esqueça a divisão por seções e embalagens tamanho família (que acabam guardadas no armário até estragar). O supermercado Bilder & De Clercq, em Amsterdã, naHolanda, é organizado por receitas. A loja tem sete displays, cada um com duas sugestões de pratos e os ingredientes para prepará-los. Você coloca na cestinha apenas o que irá utilizar, além, é claro, da receita, que vem em um folheto com fotos do passo a passo, e uma sugestão de vinho para harmonizar. Tartar com cebola roxa assada e strudel de espinafre e queijo feta fazem parte do menu. A ideia deu tão certo que uma segunda loja já foi inaugurada na cidade.

Bilder & De Clercq
De Clercqstraat 44, tel. (31 20) 760-7640, bilderdeclercq.nl.

Postado em 30/11/2015

Fonte: Mercado de receitas em Amsterdam – Revista Casa e Jardim | Comida

Moradores de Amsterdã podem usar pranchas de Stand-up Paddle como meio de transporte

Postado em 06/11/2015

Para se locomover por Amsterdã, na Holanda, você pode optar pelas bicicletas, pelo metrô ou pelo carro, mas há quem prefira se aventurar nos mais de 100 quilômetros de canais que cortam a cidade, resultado de um planejamento urbano centenário. E para isso, nada de barcos, mas a prancha de Stand-up Paddle, ou SUP.

O Stand-up Paddle, esporte que se tornou bastante popular no Brasil durante o último verão, consiste em ficar em pé na prancha enquanto um remo é utilizado para se locomover. Mas o que para nós é diversão, tem potencial para se transformar em um prático e barato meio de transporte alternativo. Hoje, além de empresas de turismo que oferecem tours pela cidade em pranchas do tipo e eventos como o HISWA SUP toch, há quem utilize o SUP como meio de transporte, para ir de casa ao trabalho.

É o caso da ex-jogadora de vôlei Marrit Ieenstra, que todos os dias veste uma roupa de borracha e rema até 35 minutos para ir até o escritório em que trabalha. Uma dica importante? “Não cair.Absolutamente não cair. A água é muito fria aqui“, disse a holandesa, em entrevista ao Globo Esporte.

Como os canais são todos limpos e o tráfego de pequenas embarcações não é tão intenso, o uso do Stand-up Paddle tem se mostrado uma excelente forma de transporte, principalmente durante o verão. Se em Veneza usam-se gôndolas, por que não adotar o SUP em uma cidade como Amsterdã? Confira alguns vídeos e fotos do evento que reuniu centenas de praticantes do SUP nos canais da cidade:

HISWA SUP toch 2014

Fonte: Moradores de Amsterdã podem usar pranchas de Stand-up Paddle como meio de transporte

Amsterdam se tornará a primeira “smart city”

Postado em 30/09/2015

Olá! :)

Hoje vou traduzir aqui um post muito interessante sobre uma rede que integrará toda a cidade de Amsterdam.

Dá uma olhada:

Um sistema pioneiro lançado em Amsterdam irá cobrir toda a cidade com um sinal wireless que conecta tudo, de barcos e bicicletas a latas de lixo e luzes da rua.

Uma Internet das Coisas para Amsterdam

Uma nova iniciativa chamada The Things Network quer que toda cidade seja inteligente, e Amsterdam é a primeira da fila.

O empresário holandês Wienke Giezeman teve a ideia do The Things Network (A Rede das Coisas) no começo desse verão, quando ele se deparou com um aparelho barato que usa tecnologia LoRaWAN. Ele percebeu que com apenas dez desses aparelhos, a cidade inteira de Amsterdam poderia ser atendida.

Diferente de iniciativas parecidas em outras cidades, essa foi inteiramente financiada por “crowdsource” (pessoas que se voluntariam a colaborar financeiramente com um projeto) e concluída em apenas seis semanas.

Primeiro barcos, depois bicicletas e navios

Um projeto piloto para provar a viabilidade do sistema foca nos muitos barcos de Amsterdam. Ele permite que os donos dos barcos coloquem um pequeno aparelho nas suas embarcações. Se o barco tiver um vazamento e começar a entrar água, o aparelho vai mandar uma mensagem de texto para uma empresa de manutenção de barcos que irá resolver o problema.

The Things Network também tem o potencial para um sistema de locação de bicicletas e instalações de segurança, e até mesmo o Porto de Amsterdam expressou interesse em usar o sistema.

Ger Baron, o CTO da Cidade de Amsterdam, disse que a força desse sistema é a sua natureza “crowdsourced”.  “As pessoas de Amsterdam investiram nelas mesmas, e a comunidade é a dona do sistema,” ele disse ao The Next Web. “Eu acho que isso nunca aconteceu antes e é interessante ver como as tradicionais empresas de telecomunicações irão cooperar com essa nova ideia disruptiva de construir redes.”

Fonte: Amsterdam to become the first smart city | I amsterdam

Sail Amsterdam 2015 

[Postado em 01/08/2015]

Olá! :)

Vou traduzir aqui esse post sobre o evento “Sail”, que acontece em Amsterdam a cada 5 anos e esse ano será de 19 a 23 de agosto. Para quem quiser ver o original, em inglês, é só clicar na fonte lá embaixo 😉

“A cada 5 anos, uma grande quantidade de veleiros, navios holandeses históricos e navios modernos de todo o mundo navegam para Amsterdam e ficam lá por 5 dias, para o evento ‘SAIL Amsterdam’.

Em 2015, SAIL Amsterdam está de volta. Pelas águas do IJ, ao norte da Estação Central, uma grande multidão pode andar para admirar os navios.

Todos os dias, há muitas atividades culturais e esportivas.

SAIL é o maior evento gratuito do mundo.

SAIL Amsterdam 2015 acontece de 19 a 23 de agosto.

10 fatos sobre SAIL Amsterdam 2015

1. SAIL Amsterdam 2015: 600 navios

SAIL Amsterdam 2015 espera que 600 navios venham ao porto do IJ. Entre eles, 50 veleiros e réplicas como o Young Endeavour da Austrália. Da Espanha, vem uma réplica do navio Nao Victoria, um veleiro que fez o primeiro tour bem-sucedido ao redor do mundo entre 1519 e 1522. O Nao Victoria é parecido com o navio em que Colombo descobriu a América.

2. Réplica do navio holandês VOC

Da Holanda, o veleiro Halve Maen se unirá ao desfile do SAIL Amsterdam 2015. O Halve Maen é uma réplica do navio VOC.

O VOC era da Companhia das Índias, uma corporação que ficava em Amsterdam no século XVII e navegava para o Oriente das Índias. O VOC atendia uma enorme rede de portos comerciais e tinha o monopólio no comércio de especiarias na área. Para forçar os governantes locais a fazer negócio com o VOC holandês e lutar contra os concorrentes, ele tinha seus próprios navios militares e de guerra.

3. Marinha Holandesa

Também estará presente a Marinha Holandesa. O Corpo de Fuzileiros Navais Holandês celebra 350 anos de existência. Eles trarão shows especiais para o público. Sexta e sábado à noite, a Capela Marinha da Marinha Real Holandesa vai realizar um concerto na  Java Island.

4. O Desfile de Entrada

A entrada dos navios (Sail-in Parade) será a parte mais espetacular do SAIL Amsterdam 2015.Os navios navegarão pelo porto numa longa fila, os marinheiros em seus uniformes no alto dos navios, frequentemente cantando o hino de seus países. O desfile é assistido por milhares de pessoas na costa e também em barcos pequenos.

5. Desfile de IJmuiden para Amsterdam

O desfile (Sail-In Parade) é na quarta-feira, 19 de agosto, o primeiro dia do SAIL. O navio Stad Amsterdam vai liderar o desfile e vai começar a navegar do porto de IJmuiden às 10 da manhã. De IJmuiden para Amsterdam é cerca de 18 quilômetros e com uma velocidade média de 6km/hora, espera-se que ele chegue em Amsterdam por volta das 15h. O último navio deve chegar às 18h.

6. Caos na água

Durante o último SAIL Amsterdam, em 2010, os barcos menores causaram um grande caos nas águas do IJ. Por essa razão, as autoridades mudaram as regras. Barcos medindo menos de 15m são permitidos, mas foi pedido para que eles comprassem uma bandeira especial do SAIL para ajudar a financiar o evento. Barcos com mais de 15m têm que se registrar primeiro e pagar 70 euros para poder entrar no IJ.

7. Acordos especiais para as empresas ajudarem com o custo do SAIL Amsterdam

SAIL Amsterdam é financiado pela prefeitura de Amsterdam e pelos acordos especiais das empresas. As empresas podem oferecer tours especiais a bordo de navios e viagens de barco com lanche ou jantar. Para o público em geral, o acesso aos navios não está disponível.

8. Música, eventos, diversão e atividades no SAIL Amsterdam 2015

SAIL Amsterdam 2015 também traz muitos eventos culturais, como shows, demonstrações e programação para as crianças. Muitos dos eventos acontecem em voltas das ilhas ao leste da Estação Central. Haverá um grande palco no ‘kop of the Java-Island’. Também há atividades náuticas planejadas na antiga NDSM-shipwharf e na antiga torre Shell (próxima ao Museu Eye). Pela primeira vez, alguns desses eventos não serão de graça.

9. Ponte Jan Schaefer removida para o SAIL

Para os navios entrarem na parte leste da cidade, a ponte Jan Schaefer que liga a ilha principal com a  Java Island estará aberta. Especialmente para o SAIL, a ponte, feita em 2001, foi criada de uma maneira que seu meio pode ser removido. As pessoas que querem atravessar a ponte para a Java Island nesse período podem usar a próxima ponte ou ir de barco.

10. SAIL Amsterdam 2015, a nona vez

O primeiro SAIL Amsterdam aconteceu em 1975. Ele fez parte das celebrações que marcaram o jubileu de 700 anos de Amsterdam. SAIL Amsterdam 2015 é a nona vez que esse imenso evento náutico acontece.

Para mais informações sobre SAIL Amsterdam 2015, acesse o site: www.Sail.nl.”

Fonte: Sail Amsterdam 2015 | What’s up with Amsterdam

Stedelijk Museum [14/07/2015]

Olá! :)

Em junho/2015, uma amiga me convidou para visitarmos um museu. Abri uma lista com os principais museus de Amsterdam e escolhi o Stedelijk, pois não tinha visitado ele ainda.

Ele fica na Museumplein que, traduzindo, significa “Praça dos Museus”. Nessa praça ficam alguns dos pontos mais importantes de Amsterdam: o Rijksmuseum, o “IAmsterdam”, o Museu do Van Gogh entre outras atrações menores.

Antes de entrarmos, resolvemos comer. Na praça em frente ao “IAmsterdam” tem vários quiosques com coisas gostosas: lanche, waffel, croissant, café, stroopwaffel, entre outras delícias.

Bom, mas agora vamos ao museu. O Stedelijk abriu, pela primeira vez, em 1895 e é o maior museu da Holanda dedicado a arte moderna e contemporânea. Em 2012, depois de algumas reformas, o museu reabriu com uma fachada mais futurista conhecida pelos pessoas da cidade como “a banheira”. Bem em frente a entrada do museu, há uma construção, parecida com uma arquibancada, onde há grama e, em dias mais quentes, há várias pessoas tomando Sol.

11639330_828009633962617_36117197_o 11542673_828009623962618_2144471236_o

Coincidentemente, acabei de ler um livro que falava de Henri Matisse (A Garota que Você Deixou Para Trás) e está tendo uma exposição dele no museu (The Oasis of Matisse – até 16/08/2015). Pude observar diversos quadros, rascunhos, cartas, cadernos, esculturas e obras de corte e colagem desse artista. Além dele, também vi quadros do Picasso, Van Gogh, Cézanne, Mondrian e diversos outros.

11642042_828009770629270_1013204525_o

Picasso e Matisse

11535300_828009753962605_817182032_o

Matisse

No primeiro andar, ainda havia um pouco do trabalho de Matisse, mas em outras salas a exposição muda bastante, passando a apresentar arte moderna e contemporânea. Posso dizer, que não entendo muito de arte e não gosto muito desse estilo, mas para quem gosta é um prato cheio. Diversas esculturas “malucas”, quadros em 3D, objetos recriados, fotografias e várias outras criações inovadoras (mas que não sei dizer o que eram).

11212011_828009780629269_1213666265_o

Matisse

11639724_828009760629271_1720342999_o

Matisse

11641974_828009667295947_1474144820_o 11641987_828009600629287_551953686_o

Apesar de abrigar cerca de 90.00 obras de arte e objetos de 1870 até os dias atuais, o museu é relativamente pequeno, o que faz com que o passeio não seja tão demorado e cansativo (ficamos cerca de 1h30 lá dentro).

Além de ter um restaurante do museu, a rua que fica próxima a ele é também cheia de opções de cafés e outros lugares para comer.

Para mais informações, clique aqui ou aqui (em inglês).

No vídeo, explico um pouco sobre o Museumkaart, um cartão que você paga uma anuidade e pode entrar em muitos museus da Holanda sem pagar (você pode adquiri-lo na entrada do museu ou pela internet) e sobre o I Amsterdam City Card, um cartão específico para uma viagem curta, de 2 a 4 dias, em Amsterdam.

Stedelijk Museum
Museumplein 10

Horários de funcionamento:
Diariamente das 10h às 18h (5a feira até às 22h).

Preços:
Adulto – 15 euros
Estudante – 7,50 euros
Criança – grátis
(Enquanto estiver com a exposição do Matisse (até 16/08/2015) os preços estão um pouco mais caros, adulto fica 20 euros e estudante 10 euros).

Por enquanto, fico por aqui! 😉
Se tiver perguntas, comentários ou sugestões para os próximos posts é só escrever aqui ou nas redes sociais: Facebook / Twitter / Instagram
Até a próxima!

Como alugar um barco em Amsterdam

Olá! :)

Vou traduzir aqui esse post sobre como alugar um barco particular em Amsterdam. Para quem quiser ver o original, em inglês, é só clicar na fonte lá embaixo 😉

“Amsterdam é melhor vista da água e alugar um barco particular é uma maneira fantástica de aproveitar um dia quente. Para navegar em um canal do século XVII em um barco alugado com seus próprios amigos, você não precisa de licença ou experiência.

Se você alugar um barco particular em Amsterdam, você pode trazer comidas e bebidas.

Quando a água está boa, a partir do meio do verão, você pode até mesmo ir de barco até as áreas verdes e mergulhar. A água em Amsterdam é limpa o suficiente para nadar. Você pode ir de barco para o norte, estacionar e aproveitar um boa refeição em um dos muitos terraços que podem ser alcançados.

Como alugar um barco particular em Amsterdam
Alugar seu barco particular em Amsterdam é melhor de ser feito com um grupo de pessoas. Dividindo os custos, você pode alugar um barco por um bom preço. Quando o clima está bom, reserve seu barco com antecedência, porque todo mundo vai querer ir para água aproveitar a brisa.

Boats4rent
Os barcos do Boats4rent são pequenos e baratos. Máximo de 6 pessoas. Boats4rent alugam barcos elétricos que navegam com “energia verde”. Isso quer dizer que eles não poluem a cidade e não fazem barulho. Você não precisa se preocupar em ter gasolina o suficiente.
Não se preocupe quanto a pilotar o barco. Com Boats4rent você terá um instrutor. Alugando na Boats4rent seu barco vem com almofadas, coletes salva-vidas e um mapa com instruções de rota. Seguro está incluso.
Boats4rent
 está localizado na Amsterdam Westergasfabriek a 30 minutos a pé da Estação Central. Alugar um barco para 6 pessoas custa entre € 89 e € 105 por 4 horas.

Boaty
Os barcos da Boaty possuem teto com painéis solares. Isso significa que você terá sombra no barco. Instruções sobre o barco, regras básicas e dicas de rotas estão inclusos.
Boaty Bootverhuur está localizado em Amsterdam South na rua  Jozef Israelkade (próximo ao bairro Pijp). Você pode chegar lá com transporte público, tram 4 e 12 ou trem/metrô para a estação Rai. Alugar um barco para 6 pessoas custa de €89 a €105 por 4 horas.

Canal Motorboats Amsterdam
Canal Motorboats é a empresa de alugar barcos mais antiga de Amsterdam, como eles afirmam no seu site. Como as outras companhias, uma licença de navegação não é exigida nesse barcos que podem levar 7 pessoas.

Aberto o ano todo
Canal Motorboats está aberto o ano inteiro das 10 até o pôr-do-sol ou às 22h. Você pode usar o sistema online para reservar um barco em Amsterdam. Os barcos são de alumínio e alimentados por baterias, que fazem com que sejam silenciosos e ecológicos.

Preços do Canal Motorboats

  • 1a hora: € 50
  • 2a hora: € 40
  • 3a hora: € 30
  • 4a hora: € 20

Canal Motorboats Amsterdam está localizada na Western Islands, aproximadamente 20 minutos da Estação Central.

Sloepdelen
Se sua festa tem mais de 6 pessoas, você precisará de um barco maior. Um jeito barato de alugar um barco silencioso e elétrico é na Sloepdelen.
Na Sloepdelen você pode alugar um barco em Amsterdam para 12 pessoas.
Para alugar um barco, o procedimento é todo online. Você pode alugar um barco online em Amsterdam, Utrecht e Leiden. Depois de reservar pela internet, você receberá um código.

Sem assistência pessoal
Chegando à doca, escolha seu barco. Provavelmente, não haverá ninguém lá.
Você deve ligar à companhia e usar seu código para ligar o barco.

Sloepdelen está localizada na rua Nassaukade 69, um lugar central próximo ao Jordaan (perto da piscina de Marnix).
Alugar um barco para 12 pessoas custa €55 por hora (mínimo de 2 horas) em Amsterdam com um depósito de €150.
Se você quiser alugar um barco com frequência, você pode se tornar um membro de Sloepdelen.nl e aproveitar taxas reduzidas. Taxas vão de €27,50 fora de horários de pico a €37,50 em horários de pico. Sloepdelen quer ser uma alternativa para pessoas que querem andar de barco com frequência, mas não querem o aborrecimento de ter seu próprio barco.

Alugando um barco com piloto
Só as empresas maiores de barcos em Amsterdam têm licença para alugar barcos maiores com piloto. Os barcos são grandes o bastante para levar 42 pessoas.
Há mais e mais donos de barcos que os alugam e pilotam para a festa. A maioria dessas pessoas não têm licença para alugar seus barcos e serviços.

Parado pela polícia 
Obviamente, as pessoas que não têm licença cobram menos e seus acordos são mais atrativos. Mas os riscos são altos. A polícia responsável pelos canais (Waternet) é muito ativa em checar esses barcos e é muito comum as embarcações serem barradas, ou seja, a festa está acabada.

Posso levar minha própria bebida?
Praticamente todas as companhias oficiais vão cobrar custos extras se você quiser levar sua própria comida e bebida. Entretanto, o que é servido pela própria empresa pode ser mais caro.

Dicas para alugar um barco grande em Amsterdam

  • Reserve com antecedência!
  • Alugar um barco licenciado é menos arriscado. Pergunte se eles têm licença.
  • Alguns barcos têm banheiro, outros não.
  • Certifique-se do horário que você deve devolver o barco. Geralmente, o barco deve voltar antes do pôr-de-sol.
  • Pergunte se você pode levar sua própria comida e bebida.
  • Alguns barcos podem ser “cobertos” em caso de uma chuva repentina.
  • Pergunte qual é o mínimo de tempo/dinheiro exigido.
  • Seja pontual, assim você não paga por horas que não navegou.

Dicas para alugar um barco particular em Amsterdam

  • Leve coolers para a comida e bebida.
  • Mantenha à direita.
  • Barcos à direita têm a preferência.
  • Barcos de excursão nos canais têm a preferência.
  • Não beba e dirija. A polícia multa pilotos bêbados!
  • Há mapas especiais (water maps) disponíveis e aplicativos (VaarWater app) para seu celular.
  • Leve roupas de frio no passeio de barco em Amsterdam, é muito mais frio na água.”

Fonte: Rent a private boat in Amsterdam | What’s up with Amsterdam

Dia Nacional da Tulipa

Olá! :)

No domingo, 17 de janeiro, foi o Dia Nacional da Tulipa aqui na Holanda.

Nesse dia, que acontece todo ano durante o mês de janeiro, os cultivadores fazem um jardim com centenas de milhares de tulipas na Dam Square, uma praça bem importante em Amsterdam, para dar início à temporada de tulipas, que vai de janeiro à abril.

As pessoas podem andar por esse jardim e pegar tulipas de graça. E esse é o motivo por termos visto uma fila gigantesca que rodeava todo o jardim.

Desde a hora que chegamos (por volta de 12h30) até às 16h tinha fila para entrar (os portões abriram por volta das 13h).

O jardim estava realmente lindo. Com tulipas de diversas cores formando um “tapete” que deixava a praça ainda mais bonita.

16503_748758515221063_774335376557289266_n 10420190_748758468554401_3836144398096382202_n 10802076_748758498554398_8472505272748717672_n 10923589_748758481887733_2310803738080413991_n 10928835_748758451887736_1643592546273763575_n 10940565_748758541887727_755439742628289616_n

Depois de vermos o evento, fomos ao Burger Bar para comer um lanche (daqueles com hambúrguer de verdade rsrs). O lugar apesar de um pouco pequeno para o tanto de gente que estava a fim de comer lá, é  bem gostoso e tem todos os menus em inglês (o que é difícil encontrar por aqui).

Gastamos cerca de 13 euros para comer um lanche, batatas com ketchup e refrigerante. Estava uma delícia!

10857769_748758558554392_1959737280178960735_n

Burger Bar
Reguliersbreestraat, 9 – Amsterdam
Domingo a 5a – 11h às 3h
6a e Sábado – 11h às 4h
No site deles dá para ver o cardápio com os preços e o endereço de outras filiais em Amsterdam e Utrecht (em inglês).

Por enquanto, fico por aqui.
Escreva seus comentários e sugestões para os próximos posts. 😉
Até semana que vem!